Gabriela Mayumi Kuroda

Projeto Histórias - Mayumi Kuroda (Especial Mês do Irmão)Ser irmão ou irmã, ter irmão ou irmã.. é algo que alguém até pode tentar te explicar como é. Mas como descrever algo que só podemos sentir? Ao brincarmos e sermos quem quisermos ser, vestirmos o que quisermos usar, sem máscaras, sem julgamentos, apenas você? Como você escreve em palavras aquele calor que ressoa no coração só de ver e ouvir a voz daquela pessoa? Só de abraçar e estar perto?

Projeto Histórias - Mayumi Kuroda (Especial Mês do Irmão))Ainda lembramos da sensação de estar no hospital na cadeira ao lado da cama da nossa mãe esperando ansiosamente por segurar ela, a Mayumi. Lembro dos nossos pezinhos não alcançarem a janela de vidro para ver todos os nenéns e procurar por ela. Quantos anos se passaram e quantas histórias, experiências e momentos vivemos juntos!

Que honra poder escrever sobre dois pontos especiais e que nos unem: a vida nos campos de beisebol e softbol e sobre sermos irmãos.

Projeto Histórias - Mayumi Kuroda (Especial Mês do Irmão)Gabriela Mayumi Kuroda, mais conhecida como Mayumi, Kú ou Kurodinha nos campos. Pra nós, ela passou de Mayumitchan pra Má e agora pra May. Sempre em constante mudança, amadurecimento. Mas a essência continua a mesma, principalmente a de irmã.

Projeto Histórias - Mayumi Kuroda (Especial Mês do Irmão)Ela é a nossa caçula. Aquela menina com um sorriso sereno, sincero e encantador que virou uma mulher com o mesmo sorriso, determinada, tranquila, leve, com aquele espírito de liderança, com planos e metas que ela coloca no papel e torna tudo realidade.

Sabe que escrever esse texto para você, nos fez perceber o quanto somos gratos por sermos seus irmãos e dividirmos a jornada da vida. O quanto evoluímos, crescemos, aprendemos juntos e compartilhamos momentos únicos e tão especiais nessa vida.

Que surpresa boa você ter vindo depois de tantos anos! 

Projeto Histórias - Mayumi Kuroda (Especial Mês do Irmão)A vida da Mayumi nos campos de beisebol e softbol começou desde bebê. Ela frequenta os campos desde quando tinha 1 aninho de idade. Desde então, lá estava ela brincando e correndo nos campos, conquistava o carinho e os sorrisos dos tios e das tias. Começou nas areias, no barro, na lama e nas pedras ali no barranco do Gecebs. Desde pequena sempre foi muito valente, teimosa que só (vai tentar tirar algo da cabeça dela quando ela teima rs), batia o pé e de lá não saía mais.

Projeto Histórias - Mayumi Kuroda (Especial Mês do Irmão)Foi aos 7 anos de idade que ela começou a jogar beisebol no meio dos meninos. Jogava de diversas posições e era capitã do time. Não gostava de perder. Ela chegou a parar de jogar durante um ano e meio porque a outra menina que jogava beisebol também parou e a Má dizia não querer mais ficar sozinha no meio dos meninos rs.

Depois que retornou aos campos e voltou a jogar beisebol, ela jogou até os 12 anos.

Projeto Histórias - Mayumi Kuroda (Especial Mês do Irmão)Ela queria continuar a jogar, mas a mudança de bola de borracha para couro fez meus pais decidirem não deixar mais ela jogar beisebol. Naquela época, já não tinha mais time de softbol no Gecebs e nós e nossos pais não deixamos ela jogar pra outro time. Dissemos que se ela quisesse jogar, teria que ser pelo Gecebs. E o que ela fez? Em 2008, ela liderou a volta do softbol no Gecebs aos 12 anos de idade.

Projeto Histórias - Mayumi Kuroda (Especial Mês do Irmão)Conversou com várias outras jogadoras e montou um time depois de mais de 10 anos sem softbol no Gecebs! E eis que até hoje temos esse esporte no clube graças a esse espírito de liderança que a Mayumi tem. Pra ela, missão dada é missão cumprida. 

Aliás, sempre achamos lindo a postura dela jogar. O jeito dela vibrar e viver.

Projeto Histórias - Mayumi Kuroda (Especial Mês do Irmão)Vê-la jogar de ‘shoto’ é uma das cenas mais bonitas que já vimos no softbol. E não é porque ela é nossa irmã. Mas ela joga com vontade. Com garra. Com pose. E é com essa mesma força que ela faz cada coisa em sua vida. Se ela der a sua palavra, pode ter certeza que ela vai cumprir.

Projeto Histórias - Mayumi Kuroda (Especial Mês do Irmão)O softbol ainda percorre nas veias dela. Nós sabemos. Porque faz parte da sua história de vida. Ela ainda joga quando seu coração sente em jogar. Ela ainda atua nos bastidores, naquele lugar onde não tem holofotes, mas a gente sabe que tem alguém fazendo para a máquina girar e continuar.

Projeto Histórias - Mayumi Kuroda (Especial Mês do Irmão)Quantas vezes ela trouxe e ainda traz material dos Estados Unidos pra doar para outras jogadoras com muito amor e carinho? Quantas vezes o seu coração apertou quando via a quantidade de material que era desperdiçado, jogado fora e ela, sabendo da realidade no Brasil onde muitas atletas não tem condições de jogar por falta de auxílio, se entristeceu por não poder levar, por não caber na mala?

Quantas jogadas de disparar o coração ela fez? Quantas rebatidas e pegadas ela fez dentro e fora do campo? 

Aquele coração é forte, valente e honesto. E muito, muito, muito amoroso. 

Projeto Histórias - Mayumi Kuroda (Especial Mês do Irmão)A May é aquele ser humano com sua grandeza em sempre pensar em tudo e em todos. No coletivo, de forma sustentável e com um propósito. Garantir que todos se sentirão bem, acolhidos e confortáveis e ao mesmo tempo respeitar o todo, a natureza, o local onde está, honrar a cultura, as pessoas e suas histórias. 

Dizem que a vida com irmãos é mais colorida, divertida. A chegada dela representou exatamente isso em nossas vidas. Que desde a sua vinda, nosso lar tem mais vida, mais amor, mais cuidado, mais leveza.

Projeto Histórias - Mayumi Kuroda (Especial Mês do Irmão)O mundo também foi presenteado com essa atleta, líder, capitã, amiga, irmã, filha, neta. Por falar em neta.. quantas vezes nos emocionamos ao ver nossa Batian vibrar e pular quando ela batia um ‘hit’? Quantas risadas gargalhamos juntos com elas! Daquelas de chorar de rir e a barriga doer! 🙂

Voltar no tempo nos faz perceber o quanto a vida é única. Um sopro. Aquela menina com aquele sorrisinho se transformou nessa mulher que temos o prazer de dividir a vida como irmã, amiga, conselheira, parceira.

Projeto Histórias - Mayumi Kuroda (Especial Mês do Irmão)Gratidão por nos proporcionar essas experiências e dividirmos tantas histórias emocionantes juntos. Por trazer tanta luz e tanto amor em nossos corações, na nossa família, no nosso lar. Nos times, nas seleções, no Gecebs.

Há algo muito maior que nos une como irmãos que vai além dos nossos sangues e laços familiares. E poder sentir essa energia todos os dias é grandioso. É único. É singular.

Projeto Histórias - Mayumi Kuroda (Especial Mês do Irmão)Que seu sorriso sereno e sincero possa ser sentido e ressoado em muitos corações e que você semeie mais amor nesse mundo.

Te amamos muito!
Leandro (Kú) e Fabiana (Naná)

Galeria de Fotos: