Yukari Sakai se junta o lineup do “Escalação Softbol Brasil”

Escalação Softbol Brasil - Yukari SakaiSeguindo o compromisso, o “Escalação Softbol Brasil”, foi ao ar nesta terça-feira (21), as 19hrs, com a apresentação do jornalista e criador do Softbol Brasil, Samy Silva, e do publicitário e colunista do site, Fernando Honda. A convidada da semana foi Yukari Sakai, do Campo Grande Jaguars, que foi escalada como a segunda-base.

Merch 2020

Yukari, que começou a jogar com os meninos no beisebol, falou sobre sua trajetória no esporte até chegar ao softbol, a criação dos Jaguars e como as equipes do estado fazem para se manter jogando e treinando. Além disso, contou algumas situações que aconteceram por ser um pouco distraída e das aventuras que é tomar banho em alguns alojamentos.

Entre as conversas, a atleta falou também sobre o momento que está vivendo, a rotina de treinos e estudos para conseguir passar no vestibular de medicina. Como tem se mantido saudável e resistindo as tentações  durante a quarentena.

No “7 Innings”, Yukari falou do seu sonho de fazer um catch-ball com a Sayumi Akamine, vencedora do Prêmio Brasil Olímpico, e com a melhor jogadora do Taça Brasil de Softbol adulto de 2020, Chie Someya. Além, do sonho de passar no vestibular e vir estudar em São Paulo pra poder jogar soft com suas ídolas.

Perdeu o programa? O conteúdo está disponível no Canal do YouTube do Softbol Brasil:

O “Escalação Softbol Brasil” volta na próxima terça-feira (28), escalando mais uma posição do seu lineup.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.