[Coronavírus] COI anuncia o adiamento das Olímpiadas de Tóquio para 2021

Finalmente o final da novela. Nesta terça-feira (24), o Comitê Olímpico Internacional anunciou o adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio, que aconteceria entre os dias 24 de julho e 6 de agosto, para meados de julho de 2021. O COI justificou a iniciativa como uma forma de proteger a saúde de atletas, da comunidade internacional e de todos aqueles envolvidos com o evento.

Merch 2020

Em reunião remota, o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, e o presidente do COI, Thomas Bach, conversaram sobre o adiamento dos Jogos e cederam a pressão internacional. O governador de Tóquio, Yuriko Koike, e o líder do comitê organizador dos jogos, Yoshiro Mori, participaram da reunião.

Essa é a primeira vez, na atualidade, que os jogos Olímpicos são adiados. As Olimpíadas já foram canceladas em três ocasiões: 1916, na Primeira Guerra mundial, 1940 e 1944, durante a Segunda Guerra mundial.

SOFTBOL E BEISEBOL

O Softbol já havia completado o processo de classificação para os Jogos. Os seis participantes seriam: Japão, time da casa, Estados Unidos, campeão do mundial de Chiba, Itália, vencedora da classificatória Euro-africana, México e Canadá, campeã e segunda colocada na classificatória Americana, e Austrália, vencedora da classificatória Ásia-Oceania.

Porém, no beisebol apenas quatro, das seis, vagas estão definidas: Japão, Israel, Coréia do Sul e México. As duas vagas restantes seriam disputadas entre março e abril, mas foram adiadas para Junho, podendo mudar conforme a pandemia de coronavírus.

A Confederação Mundial de beisebol e Softbol (WBSC – World Baseball Softball Confederation) se pronunciou momentos após a confirmação do adiamento das Olimpíadas. O Presidente da WBSC declarou seu suporte a decisão do COI  e do primeiro-ministro japonês.

PREJUÍZO FINANCEIRO

O prejuízo financeiro com o adiamento será na casa dos bilhões. O portal The Asahi Shimbun, conversou com Katsuhiro Miyamoto, especialista em economia, que declarou que com o adiamento do evento, o prejuízo será na casa dos Bilhões.

De acordo com Miyamoto, as perdas serão de aproximadamente 640,8 bilhões de yens, em torno de US$ 5,8 bilhões, ou seja, quase R$ 30 bilhões.

NÃO DEIXE DE ASSISTIR

(Dra. Karina Hatano explica as precauções das suspensões)

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.