WBSC divulga Seleção da Copa do Mundo Sub-18

Copa do Mundo de Softbol Masculino Sub-18Ao termino da Copa do Mundo de Softbol Masculino Sub-18, a Confederação Mundial de beisebol e Softbol (WBSC – World Baseball Softball Confederation), anunciou a lista da seleção do campeonato, formada com os melhores jogadores de cada  posição. Os australianos dominaram a lista com quatro representantes:

Merch 2020

Arremessador: Jakub Osička (República Tcheca)

Osička doutrinou o circulo central durante a Copa do Mundo. Teve 1,13 de ERA, cedeu apenas sete corridas e eliminou 84 adversários por strikeouts nos 43.1 innings que atuou.

Receptor: Luciano Biondi (Argentina)

Biondi terminou a competição com 33,3% de aproveitamento no bastão, nove rebatidas válidas e cinco corridas anotadas.

Primeira base: Adam Buchner (República Tcheca)

Buchner fez história na Copa do Mudno ao se tornar o única atleta a bater home run em três partidas consecutivas. Teve 30,8% de aproveitamento, sete rebatidas válidas e 10 corridas impulsionadas.

Segunda base/MVP: Hitto Nagayoshi (Japão)

O capitão japonês foi praticamente imparável na competição, cinco das sete rebatidas que teve foram de duas ou mais bases. Foi o líder da Copa do Mundo em rebatidas triplas e não cometeu nenhum erro defensivo. Terminou com 41,2% de aproveitamento e o prêmio de MVP do campeonato.

Terceira base: Riley James (Austrália)

Capitão australiano não cometeu erros na defesa, fez grandes jogadas, teve 44,4% de aproveitamento no bastão, além de ter oito rebatidas válidas.

Shortstop: Jeremy Garland (Austrália)

A estrela australiana teve ótimo desempenho em todas as funções que desempenhou. Teve 48% de aproveitamento no bastão, doze rebatidas em 25 oportunidades, e 3,71 de ERA. Garland conseguiu dois home runs, três rebatidas triplas e sete corridas impulsionadas. Na interbases, sua posição oficial, teve apenas um erro e seis assistências.

Outfielder: Kai Yamamoto (Japão)

Yamamoto foi 100% na grande final e roubou uma base. Durante a competição teve 50% de aproveitamento no bastão, sete rebatidas validas nos últimos cinco jogos da Copa do Mundo.

Outfielder: Joshua Banks (Austrália)

Banks fechou o campeonato com 50% de aproveitamento, oito rebatidas válidas, sete corridas anotadas e quatro impulsionadas.

Outfielder: Joshua Routledge (Austrália)

Routledge foi um dos mais consistentes rebatedores australiano, conseguindo ter rebatidas em seis partidas consecutivas. Terminou a competição com 40% de aproveitamento, oito corridas impulsionadas e cinco anotadas.

Designated Player: Dylan Jackson (Nova Zelândia)

O jogador neozelandês Multifunção se destacou na competição com 53,8% de aproveitamento no bastão, 4.13 de ERA, 23 strikeouts e nenhum erro defensivo como primeira base e duas assistências.

NÃO DEIXE DE ASSISTIR

(MOCHILÃO SOFTBOL BRASIL – EPISÓDIO 02)

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.