Um ano para o retorno do Softbol aos Jogos olímpicos

Falta pouco para o Softbol retornar aos Jogos Olímpicos. Nesta quarta-feira (24), um evento em Tóquio deu inicio a contagem regressiva de um ano para a disputa do maior evento esportivo do mundo.

Após ficar de fora de dois ciclos olímpicos (Londres 2012 e Brasil 2016), o softbol e o beisebol estarão de volta para aos Jogos. As modalidades conquistaram números expressivos em crescimento e em organização.  Hoje somos mais de 65 milhões de atletas, de ambas as modalidades, em mais de 140 países.

Sob os olhares do Presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, e do Primeiro Ministro japonês, Shinzo Abe, o Softbol será o responsável por abrir as competições de Tóquio 2020, em Fukushima.

Os caminhos para a classificação ao grande evento têm mostrado o empenho da confederação Mundial de Beisebol e Softbol (WBSC – World Baseball Softball Confederation). Tirando o Japão, como país sede, seleções do mundo todo vêm lutando a mais de um ano para conquistar uma vaga.

Os Estados Unidos foram os primeiros a se garantirem, ao vencer o Campeonato Mundial de Chiba. A Europa e a África estão se enfrentando pela única vaga dos continentes. Em Agosto será a vez das Américas conhecerem seus dois representantes e em Setembro a Ásia e a Oceania se brigam pela última vaga.

No dia 24 de julho de 2020, Tóquio abre as portas de novas possibilidades e crescimento para o Softbol.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.