Raio-x do Grupo “A” do XVI Campeonato Mundial Masculino

República TchecaNesta quinta-feira vai começar o XVI Campeonato Mundial de Softbol Masculino (XVI WBSC Men’s Softball World Championship), 16 seleções vão se enfrentar, de olho nas oito vagas dos Playoffs e os fãs do esporte devem ter uma atenção especial para o grupo “A” da competição.

O grupo da morte, como está sendo chamado, é formado por Nova Zelândia (1), Japão (3), Argentina (5), República Tcheca (7), México (9), Botsuana (13), Filipinas (17) e Cuba (24). Os atuais campeões do mundo e os donos da casa estão responsáveis por fazer a partida oficial de abertura da competição, em Svoboda Park, em Praga, as 19:30 (local, 00:30 Brasil).

Merchan horizontal ok

Raio-x das seleções

Nova Zelândia: atual campeã do mundo, 1ª colocada no Ranking Mundial e considerado a seleção mais vitoriosa na história do Softbol masculino. Os neozelandeses disputaram as últimas 10 edições do mundial, vencendo seis  e nunca terminou uma edição abaixo da 5ª colocação.

Japão: os japoneses são considerados os principais carrascos dos neozelandeses. O Japão vem de uma base forte, após o vice-campeonato mundial Junior e a conquista da Challenge Cup em cima da Nova Zelândia, porém nunca venceu a competição mundial na categoria adulto. O Japão esteve presente em 15 edições do Campeonato Mundial.

Argentina: Os sul-americanos, campeões mundiais Junior em 2012 e 2014, vem forte na busca pelo inédito título mundial adulto. Conhecidos pela forte rotação de arremessadores, a Argentina teve sua melhor colocação no Mundial de dois anos atrás, onde ficou com a 4ª colocação.  Essa será a 10ª participação da seleção alvicelete.

República Tcheca: Os donos da casa participam do seu 9º mundial. Na edição anterior teve sua melhor colocação ficando na 9ª colocação. Entre seus objetivos para a competição está passar para os playoffs pela 3ª vez e ficar entre os cinco melhores pela primeira vez.

México: Sede do primeiro Campeonato Mundial em 1966, onde perdeu a final para os Estados Unidos, o México tem mostrado um softbol forte e de muita alegria. Sua última participação em um mundial foi em 2015, em Saskatoon, onde terminou na 10ª colocação. Mesclando jovens arremessadores com batedores experientes, os mexicanos sonham com o pódio. Essa é a 13ª aparição do México no evento.

Botsuana: os africanos surpreenderam a todos dois anos atrás ao chegar pela primeira vez no playoffs da competição. Liderados por Kagiso Mogale, os botsuanos pretendem repetir a boa campanha e voltar a fase final. Essa é a oitava vez que Botsuana participa do Mundial.

Filipinas: Os filipinos estrearam em mundiais em 1968, onde chegaram nos playoffs e terminaram em 4º colocados. Somando a campanha nos mundiais de 2013 e 2015, venceram apenas uma partida e não participaram da última edição, em 2017. A seleção filipina participa pela 9ª vez.

Cuba: Ocupando a pior colocação no ranking, os cubanos são, como sempre, são uma das seleções mais complicadas de se enfrentar. Em 2018 venceram a Venezuela, campeã Pan-americana, e ficaram com o outo nos Jogos Centro-americanos e Caribenhos de Barranquilla, além disso, eliminaram o Canadá do Campeonato Pan-americano de Santo Domingo, consequentemente tirando os canadenses dos Lima 2019. Cuba participou de apenas um Mundial, em 1988 onde terminou na 4ª colocação.

Confrontos XVI Campeonato Mundial Masculino:

Merchan retangulo okQuinta-feira, 13 de junho:
Nova Zelândia x República Tcheca

Sexta-feira, 14 de junho:
África do Sul x Venezuela
Dinamarca x Canadá
Filipinas x Cuba
Singapura x Austrália
Argentina x Botsuana
Holanda x Estados Unidos
México x Japão

Sábado, 15 de junho:
Botsuana x Filipinas
África do Sul x Dinamarca
Japão x Argentina
Singapura x Venezuela
Cuba x Nova Zelândia
Canadá x Holanda
México x República Tcheca
Estados Unidos x Austrália

Domingo, 16 de junho:
Singapura x Holanda
Cuba x Botsuana
Argentina x Filipinas
Venezuela x Dinamarca
Nova Zelândia x México
Estados Unidos x África do Sul
República Tcheca x Japão
Austrália x Canadá

Segunda-feira, 17 de junho:
México x Cuba
África do Sul x Singapura
Botsuana x Nova Zelândia
Holanda x Venezuela
Filipinas x Japão
Dinamarca x Austrália
República Tcheca x Argentina
Estados Unidos x Canadá

Terça-feira, 18 de junho:
Austrália x África do Sul
Botsuana x México
Venezuela x Canadá
Cuba x Argentina
Singapura x Estados Unidos
Nova Zelândia x Japão
Holanda x Dinamarca
República Tcheca x Filipinas

Quarta-feira, 19 de junho:
Japão x Cuba
Austrália x Venezuela
Filipinas x Nova Zelândia
Canadá x Singapura
México x Argentina
Dinamarca x Estados Unidos
Botsuana x República Tcheca
África do Sul x Holanda

Quinta-feira, 20 de junho:
Venezuela x Estados Unidos
Filipinas x México
Dinamarca x Singapura
Japão x Botsuana
Canadá x África do Sul
Argentina x Nova Zelândia
Holanda x Austrália
Cuba x República Tcheca

Sexta-feira, 21 de junho:

Placement Round
8A x 8B
7A x 7B
6A x 6B
5A x 5B

Playoffs Round
P01 – 1A x 4B
P02 – 2A X 3B
P03 – 2B X 3A
P04 – 1B X 4A

Sábado, 22 de junho:

Placement Round
PPR01 – Perdedor P01 X Perdedor P04
PPR02 – Perdedor P02 x Perdedor P03

Semifinal Playoffs
SP01 – Vencedor P01 x Vencedor P03
SP02 – Vencedor P04 x Vencedor P02

Domingo, 23 de junho:

Perdedor PPR01 x Perdedor PPR02
Vencedor PPR01 x Vencedor PPR02
3ª Colocação: 
 Perdedor SP01 x Perdedor SP02
Final: Vencedor SP01 x Vencedor SP02

(fotos: divulgação twitter WBSC)

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.