[Coluna] Por que softbol?

Após muito tempo consegui tirar férias, fui viajar para Goiânia com minha namorada. Em um dos tantos churrascos que fomos, me fizeram uma pergunta, algo que eu não havia pensado, uma pergunta simples, mas que me fez ficar pensativo.

A pergunta era: “por que você gosta tanto desse esporte, esse tal de beisebol/Softbol?”

Em mais de 20 anos no campo tanto como jogador, técnico, espectador e agora jornalista eu nunca havia pensado nisso. E só agora depois de mais de uma semana eu acho que sei respondê-lá.

O softbol e o beisebol tem cheiro, sim, isso mesmo que você está lendo. Pela manhã você consegue sentir o cheiro da grama molhada, da areia batida e úmida. Tem o cheiro do couro, o perfume que vem do baiten (cozinha), o cheiro do bentô feito com tanto carinho pelos, parentes e amigos.

Esses esportes são especiais porquê te ensinam a viver. Eles te ensinam a cair e a se levantar. Ensinam a nunca desistir, te ensinam a correr atrás do que você sonha e daquilo que você acredita. Te ensinam a superar desafios, derrubar barreiras, e a desafiar todos os seus limites. Se você está com dores é porque tem que treinar mais, se não sentiu dor é porque não se esforçou o suficiente. Calo, bolhas, raspados, roxos, sangue, suor, lágrimas são parte integrante do dia-a-dia de um jogador(a) destas modalidades.

O diamante tem uma mística, existe alguma mágica nesses esportes que aproxima as pessoas, que cria laços, que fortalece amizades. Não sei se isso vem só por ser esportes coletivos ou se vem do tempo que os atletas passam juntos, são horas e mais horas de treino, jogos intermináveis e longas e longas viagens. Desde pequenos os praticantes aprendem a se ajudar, a dividir, a cooperar e a principalmente aprendem à conviver com as diferenças.

Lógico que eles têm problemas, claro que eles têm pessoas que não se enquadram em tudo isso, claro que existem cheiros ruins, péssimos exemplos, mas, felizmente, as coisas boas superam todos os problemas, superam todas as dores.

Resumindo eu amo esses esportes. E agora sou eu quem pergunta, por que você gosta tanto desse esporte?!

 

(Texto originalmente publicado no blog “Blogando Esporte” em 25 de julho de 2015, publicado com alterações em 03 de abril de 2019)

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.