Camelo Livre fatura o 2º Torneio “Camelo, Mamãe?!”

2º Torneio "Camelo, Mamãe?!"No último final de semana (9 e 10 de fevereiro), o Gecebs, Arujá, São Paulo. recebeu a 2ª edição do Torneio “Camelo, Mamãe?!”, com a participação de 13 equipes. A equipe Camelo Livre 1, superou os adversários e ficou com o troféu de campeão da chave Ouro.

Participantes: CAMELO LIVRE 1,GECEBS SOFTBOL, UNDERDOGS, GECEBS ASIÁTICOS, PEANUTS, ATIBAIA SUB17, GECEBS VETERANO, CAIMANES, FEA-USP, CAMELO LIVRE2, SÃO JOSÉ WILD EAGLES, COOPER LADIES e UNICAMP

2º Torneio "Camelo, Mamãe?!"No sábado, além dos jogos, o Torneio teve uma programação especial de shows, com a dupla Bruno Martins e Rafael e com o Irrupção Mc´s e um show de talentos dos participantes. No domingo, as equipes foram divididas de acordo com sua classificação.

Mais uma vez o torneio atinge seu objetivo: a integração, a amizade e o respeito as diferenças.

Classificação final 2º Torneio de Softbol “Camelo, Mamãe?”:

CHAVE OURO
1º – CAMELO LIVRE 1
2º – GECEBS SOFTBOL
3º – UNDERDOGS
4º – GECEBS ASIÁTICOS

CHAVE PRATA
1º – PEANUTS
2º – ATIBAIA SUB17
3º – GECEBS VETERANO

CHAVE BRONZE
1º – CAIMANES
2º – FEA-USP
3º – CAMELO LIVRE2

CHAVE INCENTIVO
1º – SÃO JOSÉ WILD EAGLES
2º – COOPER LADIES
3º – UNICAMP

PREMIAÇÕES INDIVIDUAIS

1º HOMERUN MASCULINO LIVRE: NEGÃO – UNDERDOGS
2º HOMERUN MASCULINO LIVRE: TORU – UNICAMP
1ª HOMERUN FEMININO LIVRE: FERNANDA MISSAKI – GECEBS SOFTBOL
2ª HOMERUN FEMININO LIVRE: VIVIAN MUNE – COOPER LADIES
HIT FEMININO LIVRE: BEATRIZ CRUZ – ATIBAIA SUB17

Galeria de Fotos:

Projeto “Camelo, mamãe?”

No dia 11 de janeiro de 2013 o blog “Camelo, Mamãe?” foi criado. O objetivo do blog é mostrar a aprendizagem, dificuldades, alegrias, tristezas, euforias e decepções de uma mãe que luta para que o seu filho seja aceito por uma sociedade que dita regras de comportamentos e atitudes.

Cristhiane Akie Higashi é esposa de Herbert Higashi e  mãe de Gabriel e Nathalia. Quando Gabriel tinha 6 anos foi diagnosticado com DPAC (Distúrbio do Processamento Auditivo Central). Gabriel fez diversos tipos de terapias e acompanhamentos médicos, melhorou muito, não se curou, mas superou vários obstáculos.

Para ajudar ainda mais seu filho em sua melhora, Cristhiane e Herbert buscaram um esporte onde todos possam jogar, onde todos são tratados da mesma forma, não existe diferenças, fortes laços de amizade e familiar. O esporte escolhido foi o beisebol.

Com o esporte Gabriel conquistou sonhos, venceu desafios e principalmente fez amizades verdadeiras.

(Fotos: “Camelo Mamãe?!”)

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.