Guatemala realiza programa internacional para desenvolver o Softbol

Impulsionados pelo retorno ao quadro olímpico de competições, a federação da Guatemala, em parceria com outras 5 federações (Cuba, El Salvador, Nicaragua, Panamá, Venezuela), realizou, entre os dias 17 e 24 de outubro, clinicas para técnicos e árbitros na Associação esportiva nacional de softbol (Asosoft). A WBSC, o programa solidário olímpico e a Esportes para o futuro do Japão apoiaram o evento e providenciaram cursos e workshops.

Na primeira parte do programa, liderado pelo Programa Olímpico Solidário, foi ministrado um treinamento de técnicos, administradores, uma aula de programas esportivos para desenvolvimento de atletas e a propagação dos valores olímpicos. O responsável pela clinica foi ex-atleta  e atualmente técnico da equipe universitária americana, o venezuelano Ruby Rojas.

A Asosoft, junto com a WBSC, ministrou uma clinica internacional especializada para árbitros. O curso contou com a participação de Bob Stanton, diretor de arbitragem da WBSC . O objetivo do curso foi a atualização e implementação das alterações sancionadas no 2º Congresso da WBSC.

Além de todo os benefícios técnicos trazido pelo evento, o governo japonês através do projeto Esporte para o amanhã, doou materiais para a Asosof em benefícios para o softbol do país. No total foram 10 bastões, 20 luvas, 20 capacetes e 10 materiais de receptor.

(fotos: divulgação WBSC)

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.