Softbol brasileiro é tema de materia

cropped-sb.jpgO Softbol brasileiro ganhou um espaço em uma revista virtual dos alunos de jornalismo da FMU. O aluno Diego Trindade falou com algumas pessoas e fez uma matéria bem legal sobre o softbol brasileiro, suas dificuldades e sua superação.
Dias de lutas, dias de glória (matéria publicada em 18/11/16)
Por Diego Trindade
As dificuldades e os progressos do Softbol no país
859d3a_5b9d5c5070774c598e63d8012cee69d0mv2O esporte vem conseguindo mais adeptos, porém ainda falta muito para alcançar maior visibilidade e estabilidade no cenário nacional.
Algumas das dificuldades enfrentadas é a falta de investimentos, além da pouca visibilidade que dificulta a sobrevivência de times, técnicos e jogadores.
“A grande mídia não tem interesse no esporte, porém a modalidade segue crescendo apesar dos obstáculos enfrentados. Em dois anos o Brasil saltou da 18ª colocação para 11ª posição no ranking mundial da WBSC (World baseball and sofball confederation). Isso é um grande avanço”, afirmou Samy Silva, 32 anos, auxiliar técnico da seleção masculina de Softbol.
Um pedido de ajuda
A seleção masculina foi convocada, pela primeira vez, para disputar a 5º edição do Torneio internacional “Bicentenário de La Independência Argentina” -, o evento será realizado em novembro, na Argentina.
A convocação da seleção é mais uma conquista para o Softbol brasileiro.
É hora de ajudar!
859d3a_389be0f2f51049bd8a387c43d547d4camv2_d_3921_2592_s_4_2Sem patrocínios, os atletas mostram dedicação e esforço para competir, além da dificuldade proporcionada pelo torneio em si, que conta com as melhores seleções do mundo, o Brasil enfrentará um problema ainda maior – a carência financeira.
Sem apoio financeiro, todas as despesas da viagem estão sendo custeadas pelos próprios jogadores e pela comissão técnica.
Habituados com as adversidades a seleção abraçou o lema: a união faz a força e tenta arrecadar recursos, vendendo adesivos (com a temática do esporte) para conseguir arcar os custos das competições internacionais.
O sonho não acabou
859d3a_bacfa6ea44524eb38e0613d5b9168082mv2Em busca do reconhecimento os praticantes do Softbol acreditam na possibilidade de uma maior difusão do esporte no país.
O motivo da esperança foi o anúncio feito pelo (COI) Comitê Olímpico Internacional que decidiu incluir o beisebol juntamente com o Softbol como esporte olímpico em 2020. As olimpíadas serão disputadas em Tóquio.
“Quando saiu a notícia ficamos extremamente contentes. Acredito na ascendência do esporte, e agora voltando a ser um esporte olímpico contribui muito, agora os atletas vão se esforçar mais para conseguir uma vaga na seleção e disputar as olimpíadas. Espero que se torne mais difundido e hajam mais interessados em praticar o esporte”, disse Vivian Morimoto, 28 anos, rebatedora da seleção.
Entre avanços e retrocessos
859d3a_3db48b7343734019851f1fb02d413016mv2Os resultados conquistados foram significativos (inesperados pelos próprios atletas) como o 4º lugar no Pan-Americano em 2015, vice-campeão no Sul-Americano e 10º lugar no Mundial em 2016
“Os progressos do Brasil no Softbol são evidentes, jogadoras ganhando bolsas de estudos no EUA através do esporte, fato que há anos atrás não acontecia, entretanto sabemos que precisamos melhorar”, declarou Samy.
A falta de suporte encontra-se presente dia a dia no Softbol e as equipes juntamente com a seleção precisam de apoio para conseguir mostrar ao mundo o grande potencial dos nossos atletas, mas que encontram dificuldades e tem o seu talento desperdiçado por ausência de oportunidade.
“Fazemos isso porque amamos o esporte e as pessoas envolvidas”, disse Vivian com tom de esperança e sonhado que o melhor ainda virá.
2020 é logo ali.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.